06 dicas para ser vegana em uma viagem

Se você se tornou vegana, está considerando ser ou está em transição, é provável que uma grande dúvida apareça quando o assunto são viagens, “como manter este estilo de vida viajando por ai”?. Pensando nisso o nosso blog convidou uma vegana, ativista e traveller para compartilhar com você 06 dicas para ser vegana em uma viagem. O texto abaixo é baseado nas dicas e nas vivências de Renata Schaitza, editora do blog Feed Your Soul, curitibana, publicitária de formação, trabalha na área de comunicação da ONG Animal Equality. No final deste artigo você pode saber mais sobre Renata e o que acha de irmos para as 06 dicas para ser vegana em uma viagem? A quinta dica é muito importante!

06 dicas para ser vegana em uma viagem por Renata Schaitza

Muita gente me pergunta se eu consigo manter o meu estilo de vida durante uma viagem. O fato é que eu escolhi seguir o veganismo em qualquer lugar e em qualquer situação, não importa onde seja e quais as dificuldades que eu vou precisar passar para que isso aconteça. Pode parecer muito complicado e restrito seguir uma dieta sem produtos de origem animal, mas na verdade é bem mais fácil do que eu imaginava, então vou dividir algumas dicas e lições que eu aprendi desde que decidi aderir a um estilo de vida compassivo e livre de crueldade.

DICA # 1 – PESQUISE E CONHEÇA O DESTINO

Você precisa fazer o mapeamento do destino antes de qualquer coisa. É um lugar urbano? É exótico? Quais são as comidas típicas da região? Tem acesso fácil ao supermercado? Existem restaurantes veganos na cidade? Essas são algumas das perguntas que podem te ajudar a se planejar e evitar surpresas no caminho. O ideal é você sempre ir bem preparado para o pior cenário, assim não passa fome por falta de planejamento.

DICA # 2 – HOTEL OU APARTAMENTO

Uma boa dica para quem tem restrições alimentares, seja por alergia ou por opção, é alugar um apartamento com cozinha (pode ser no Airbnb ou até mesmo no Booking). Além de ser mais econômico, na maior parte das vezes, você consegue cozinhar em casa e preparar lanchinhos para comer durante a tarde.

 

DICA # 3 – EXPLORE AS OPÇÕES

Procure alimentos típicos e regionais que tradicionalmente não possuem nada de origem animal, por exemplo: em Israel eu encontrava falafel, homus e babaganuche em qualquer lugar; na Itália eu recorria ao macarrão com molho de tomate e pizza marinara. A maioria dos destinos possui opções, você só precisa tirar proveito disso e se adaptar. Vá conhecer mercados e feiras, além de ser um ótimo lugar para comprar comida, é a melhor forma de ficar por dentro dos costumes e da cultura local. Eu sempre gostei de fazer tour gastronômico durante uma viagem, mesmo antes de ser vegana, e essa foi a forma que eu encontrei de continuar explorando a culinária típica dos países que visito.

DICA # 4 – ESTEJA PREPARADA

Todos nós sabemos que é difícil pensar bem e tomar as melhores decisões quando estamos com fome, não é mesmo? Então uma ótima dica é nunca ser pego de surpresa. Tenha sempre um lanchinho na bolsa/ mochila – pode ser castanhas, frutas secas, ou algum sanduíche que você preparou antes de sair do apartamento. Assim se acontecer algum imprevisto no meio de um passeio, você não fica sem opções.

DICA # 5 – SIMPLIFIQUE

Eu sempre digo que você não precisa tomar um iogurte de leite de amêndoas com frutas do bosque de café da manhã, qualquer lugar do mundo tem pão, frutas e verduras. Caso você vá para um lugar MUITO remoto, tipo Polo Norte, você pode se preparar antes de ir e levar comidinhas industrializadas na mala. Não tem erro!

 

DICA # 6 – FOCO NO OBJETIVO

Nunca se esqueça do motivo que fez com que você tomasse a decisão de seguir o veganismo, seja pela sua saúde, pelo bem do meio ambiente ou pelos animais. Eu, por exemplo, virei vegana por amor aos animais. E apesar de parecer difícil mudar toda a sua rotina e os seus hábitos, é muito mais difícil para os milhões de animais que estão sendo explorados neste exato momento. Seja gentil, tenha compaixão e se alimente de vida, independente do lugar do mundo que você esteja.  

 

Principalmente para quem está considerando ser vegana ou está em transição, a nossa torcida é que estas dicas possam ser estendidas para o dia a dia e que o estilo “vegan de ser” venha para ficar, Ju Molina – Vegan4you

 

Mais sobre Renata

Para quem não me conhece, meu nome é Renata Schaitza (@renataschaitza) e sou criadora e editora do blog Feed Your Soul, um blog de viagem e estilo de vida. Tenho 27 anos e nasci em Curitiba. Sou formada em Publicidade e Propaganda, pós-graduada em Marketing Digital e trabalho com produção de conteúdo. Sou apaixonada por viagens e vida saudável. Amo animais, sou vegana e me mudei para São Paulo em outubro de 2017 para trabalhar na Animal Equality, uma organização internacional de proteção animal. Gosto de sair da rotina e explorar culturas pelo mundo. Criei o blog com o objetivo de inspirar pessoas, compartilhando fotografias lindas, dividindo meus hábitos e dando dicas de lugares que precisam ser conhecidos.

 

DICAS BÔNUS BY VEGAN4YOU

  1.  Ao pesquisar sobre um destino, não esqueça de se atentar para a estação do ano no local. Se você quer praia, não vá para as Ilhas Gregas depois de outubro ou evite a Tailândia em algumas épocas devido as monções, por exemplo.
  2. Você sabia que em alguns lugares o seguro viagem é obrigatório? É importante saber se o seu destino exige este documento (assim como vistos, passaporte e vacinas) para que a sua viagem seja perfeita.
  3. O que você acha de fazer “duas viagens em uma”? Algumas cias aéreas permitem o stopover sem custo, nada mais é que uma parada na cidade de conexão. Por exemplo, se seu destino é Cancun via Avianca, você pode parar uns dias e curtir Bogotá.
  4. Saiba como pedir sua comida vegana em voos internacionais, clique aqui.

 

Organize sua viagem!!!

– Buscando um hotel? Olha a nossa lista de sugestões no Booking.com. Reservando um hotel pelo Booking, você ajuda o nosso blog e não paga nada a mais por isso. Clique aqui. Há milhares de hotéis por todo o mundo!

– E o Seguro Viagem, já contratou? Super importante… assistência médica no exterior é muito cara. E se a bagagem for extraviada? Temos as melhores cotações de seguro viagem para você, manda um ZAP que respondemos bem rápido, WhatsApp 011-967321295

Tá precisando alugar carro? Temos também e você não pagará nada a mais por isso e claro, ajuda o nosso blog, consulte aqui !

– Se você já tem tudo (passagem, hotel, traslados, carro, seguro…), mas ainda deseja que sua viagem seja perfeita, com todas as dicas de onde ir, onde NÃO IR, onde comer… conte conosco para uma super consultoria de viagem! Saiba mais aqui.

Sobre o Autor

client-photo-1
Elton Bastos