Santiago do Chile, descobertas veganas!

Guest Post Vinicius Lodi 

Estreando aqui em nosso BLOG, o “Vegan Traveler” Vinicius nos presenteia com sua passagem recente por Santiago, uma cidade vibrante que, comparada a Buenos Aires… bom, vamos deixar o Vinicius contar para vocês.

O Chile é uma das economias mais estáveis da América Latina e isso parece se refletir em Santiago. Claro que como os outros países Sul americanos, o Chile tem uma enorme desigualdade, mas a região central da capital aparenta muita segurança e percebemos que os habitantes de Santiago sabem curtir sua cidade.

Santiago, foto divulgação.

A data de sua viagem pode variar de acordo com o objetivo de visita. Abril é a época da colheita de uvas, que as visitas as vinícolas são mais bonitas e em alguns casos é possível até provar as uvas e fazer vinho. Já agosto é o mês dos esportes de inverno e que os fans de frio irão gostar mais ainda de Santiago, Setembro a neve já está derretendo e passeios panorâmicos para algumas estações de esqui não são boas opções.

Valle Nevado, foto divulgação.

Ficamos no hotel Meridiano Sur (veja mais aqui) pequeno e aconchegante, bem próximo ao centro de Santiago, da pra fazer muita coisa a pé ou de metrô que fica a duas quadras do hotel. O destaque é para simpatia da equipe.

Lendo algumas postagens na internet sobre onde ficar no Chile, encontramos o Meridiano, que em algumas postagens afirma ser vegan. Na verdade o hotel nem se declara vegetariano pois não é. Apesar de servir produtos de origem animal, uma proprietária é vegan e toda a equipe sabe o que comemos e não comemos. O ideal é avisar antes porque o café é muito simples, o hotel é pequeno e no primeiro dia não tinha muitas opções para nós que fomos achando que era um hotel vegan. Ainda assim tinha um “presunto”, fizeram um leite de soja na hora, uma “panqueca” de frutas e chocolate e assaram uns pães caseiros pra gente, além de frutas, suco e cereal. Depois que sabiam que éramos veganos já tinha sempre algo preparado, a mesa estava com os pães caseiros e já tinha o leite de soja.

Fora que o preço do hotel é bem justo comparado aos outros de mesmo padrão em Santiago, os quartos tem até banheira, perfeitas para relaxar depois de ficar o dia inteiro andando pela cidade.

O único ponto fraco do hotel acredito que é o horário do café, que é servido um pouco tarde a partir das 8 horas, dependendo do passeio ou do seu voo de saída você perde o café. Passeios para montanha muitas vezes saem do hotel bem antes das oito.

Onde comer:

O Chile é repleto de opções vegetarianas, uma consulta no HappyCow mostra o quanto a cidade é “vegan friendly”, mas a todo momento encontramos pessoas vendendo hamburguesas de soja na rua e restaurantes afirmando que tem opções vegetarianas.

Vegan Bunker: Com muita dor no coração não tivemos tempo de visitar o Vegan Bunker, mas o restaurante merece ser mencionado, criado pela Marta, confeiteira vegana que vivia em SP o restaurante oferece além de seus doces, almoços e lanches sempre bem elogiados.

Planta Maestra: É uma mini franquia parecida com o Mundo Verde, mas que além de vegan serve refeições, lanches e empanadas. Esse especificamente foi bem prático por ser perto do hotel Meridiano Sur.

Vegan Bueras: Apesar de que em algumas fotos pensei que fosse um restaurante meio gourmet não se enganem, as porções não são nada modestas, os pratos e talheres é que são grandes. Comemos um hambúrguer de pinhão, sobre purê de uma batata deles e uma salada com um molho que não lembro o que era. Mas o destaque mesmo foi para torta de chocolate com tiras de coco queimado.

Arte Vegetal: Esse foi o destaque para os dias que precisávamos levar comida para viagem porque ficamos o dia todo visitando lugares.

É basicamente uma lanchonete para viagem, serve diversos lanches e doces veganos. O forte movimento e a fila para comprar lanches na hora do almoço comprova que a comida é boa.

Oliva Vegan Friendly: Essa foi a grande surpresa. Esbanjando simpatia no atendimento ao lado da Bela Vista, área noturna mais movimentada de Santiago, o Oliva faz inveja para qualquer pizzaria Paulista e em nosso pouco tempo conseguiu receber duas visitas. Além de 4 sabores de pizza, chegamos a provar também um hambúrguer, muito caprichado e sucos naturais com frutas da época.

______________________________________________________________________________

VEJA TAMBÉM

Los Angeles (LA), Capital VEGANA do Mundo?‏
Cias aéreas e suas opções de comidas vegetarianas!
Hotéis de Luxo e suas opções Veganas!

 

O que fazer em Santiago e arredores.

Além da ilha de páscoa, Deserto do Atacama e Patagônia chilena, a região metropolitana de Santiago tem fácil programa para 4 ou 5 dias.

Santiago é repleto de praças, museus e atrações grátis ou populares que fica até difícil programar o dia.

Por exemplo, em um dia se pode começar um passeio no centro, visitando gratuitamente o Museu de Belas artes, ao lado o Cerro de Santa Lucia, com entrada franca e um castelo com um mirante para observar todo o centro da cidade com a cordilheira nevada ao fundo. Saindo do castelo vistar o Centro Artesanal de Santa Lucia e garantir as lembranças da família, terminar o dia na conhecendo a praça de armas, palácio da Moeda e outras atrações do centro.

Veganos que geralmente gostam de animais irão se encantar pelos cães de  rua em Santiago, que se não estiverem brigando por território com outro cachorro são muito mansos, carinhosos e bem cuidados. No inverno todos recebem roupas de frio.

Uma tour como o Tour4tips que se faz andando no centro por gorjeta já apresenta bem a cidade, a noite próximo a estação Baquedano se encontra o bairro da Bella Vista que tem vida noturna bem agitada e o imperdível Oliva Vegan Friendly.

Foto Tour4tips

Não vá a Santiago e deixe de visitar o Museu da Memória e dos Direitos Humanos, são quatro andares de história e reflexão sobre a ditadura do Chile e violações a direitos humanos no mundo.

Para visitar estações de esqui a mais cara e famosa é o vale nevado, que tem tanto pistas avançadas como iniciantes, algumas mais simples e Farellones indicada para crianças e brincadeiras na neve sem necessariamente saber esquiar. Lembrando que essas ultimas são os primeiros lugares a perder a neve, então a visita só vale a pena até agosto. Leve comida pois tudo na montanha é muito caro e não temos boas opções.

Vina Del Mar e Val Paraíso: Geralmente essas duas cidades são visitadas juntas e particularmente Valparaiso é uma perda de tempo. A única atração realmente legal é uma das casas do Neruda. Já Vina Del Mar é muito charmosa, rica e interessante. Além da orla da praia a partir do relógio das flores conhecer o museu de arqueologia Fonk que tem um Moai na entrada e o Palácio Rioja com entrada grátis são pontos obrigatórios. Para chega na cidade muitas agências oferecem pacotes caros, mas é muito fácil chegar de ônibus da rodoviária, se achar necessário para ganhar tempo chame um táxi ou Uber na cidade.

Por último os vinhos chilenos. A maior empresa é a Concha Y Toro que usa produtos de origem animal em seus vinhos brancos e apesar de ler que os tintos são vegan, parece que eles também usam enzimas de origem animal em alguns tintos mais novos, que não ficam muito tempo no Barril. Ainda assim próximo a Santiago você pode encontrar dezenas de vinícolas, mesmo de propriedade da Concha Y Toro com ótimas opções de vinhos veganos. Por exemplo a Emiliana http://www.emiliana.cl/wine-tour que é menos turística, porém até mais charmosa e de melhores vinhos.

Uma curiosidade são os vinhos da uva Carmenere, quase que exclusividade do Chile, pois a uva foi “extinta” e sobreviveu misturadas nas cepas de algumas Merlot cultivadas no chile, até que foi “redescoberta” em 1994.

Hoje em setembro de 2016, Santiago é uma cidade bem cara, mesmo pra quem está acostumado com os preços de São Paulo, mas é encantadora.

Queremos agradecer ao Vinicius Lodi que se disponibilizou a compartilhar com a gente sua experiência!

 

Mais fotos de viagem, animais e comida vegana em http://www.instagram.com/vegan4youbrasil

ESTAMOS COM UMA VIAGEM EM FAMÍLIA, FAMÍLIA VEGAN4YOU, PARA SANTIAGO EM JANEIRO DE 2018

Se você também teve uma experiência de viagem bacana e quer compartilhar em nosso BLOG, clique aqui em Quero Colaborar. Podemos publicar sua sugestão, resenha ou matéria, etc.. pode ser de um restaurante, de uma cidade, de um evento. Adoraríamos ter suas palavras em nosso BLOG, Vegan4you, VeganWithUS!!

Se você gosta de viajar, saiba que podemos ajudar na montagem de sua viagem, saiba mais sobre a nossa CONSULTORIA. Sigam-nos na #vegtrips e #vegan4youteleva, enviem-nos dicas de destinos que gostariam de conhecer no contato@vegan4you.com.br ou também através do WhatsApp 011-967321295

 

Publicidade:


VeganMe é um novo APP onde em breve, através dele,  vocês irão encontrar opções na rua através do smartphone assim como era com o SPVeg, pois agora o SPVeg será VeganMe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *